quinta-feira, 17 de maio de 2012

1ª ILUSTRAÇÃO DO LIVRO "DEPOIS DO PRIMEIRO BEIJO


                                                              Ilustrador - Gbr Aguiar



"Naquele momento não quis ir para casa então, rapidamente, decidi ir à praia. Enfiei a mão ainda trêmula no bolso, havia alguns trocados, o suficiente para apanhar um ônibus.
 Meu rosto pegava fogo, deveria estar vermelho, pois o trocador do ônibus me olhou com uma cara de compaixão, percebendo que eu estava prestes a chorar, tentei não encará-lo, ficando de cabeça baixa. Desci no meu lugar favorito da praia, que chamávamos de “Casa da Sereia”, por haver nesse local uma casa grande com um lindo jardim onde havia a escultura de uma sereia sentada em uma pedra com longos cabelos cobrindo os seios.
 O sol já estava fraco. No mar não havia quase ninguém. Ali perto, só alguns pescadores recolhendo as redes.
 Sentei na areia e fiquei por alguns minutos paralisada, olhando o vai e vem incansável das ondas. Penetrei meus dedos na areia fina e quente sentindo os pequenos grãos rolarem por entre eles. Fechei os olhos, respirei lenta e profundamente para que o cheiro da brisa marinha fosse absorvido por cada célula do meu corpo e finalmente me entreguei ao choro deixando as lágrimas rolarem pelo meu rosto. Dobrei os joelhos cruzando os braços em volta, apoiei o rosto sobre eles e me fechei para o mundo como uma ostra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário